Gestão

É microempreendedor? Veja como otimizar o seu tempo

O tempo é um dos ativos mais importantes na vida de um empreendedor. Afinal, focar no que realmente importa para otimizar o tempo pode fazer toda a diferença nos índices de produtividade, especialmente quando falamos de microempresas com estruturas reduzidas.

No entanto, esta tarefa tende a ser mais complexa do que se imagina em meio a uma rotina dinâmica e atribulada. Pensando nisso, separamos, a seguir, algumas dicas que vão ajudá-lo a otimizar o seu dia a dia para gerir melhor a sua empresa, confira:

1. Não aceite demandas que não pode atender

O presidente do IBC (Instituto Brasileiro de Coaching) e Master Coach Senior, José Roberto Marques, afirma que é comum clientes solicitarem demandas urgentes, especialmente no mercado de comunicação visual.

“É preciso, portanto, que o microempreendedor deixe claro que realizar o trabalho em um prazo curto pode comprometer a qualidade final do material apresentado. Além disso, é fundamental não prometer aquilo que não pode cumprir. Vemos, muitas vezes, o gestor negociando com o cliente e prometendo prazos que a produção não pode absorver ou que impactam no atraso do serviço de um outro cliente. Por isso, a dica é ser transparente e negociar prazos que podem ser cumpridos com eficiência”, aconselha.

2. Mantenha um planejamento para otimizar o dia a dia

A boa e velha agenda de atividades é uma grande aliada na tarefa de otimizar o dia a dia e dar conta de todas as atividades.

“O microempreendedor precisa ser organizado diante de suas demandas, ter horário para iniciar as atividades, interrompê-las para as refeições e a hora do lanche e para encerrá-las ao fim do dia”, recomenda José Roberto.

É importante que esta regra seja aplicada em toda a empresa e tenha regras claras. “Vale a pena organizar as demandas de acordo com os prazos negociados, bem como o tempo para a produção dos materiais. Também não dá para esquecer de contar com a logística para o envio do material e com os possíveis imprevistos, como queda de energia, problemas com as máquinas e aqueles relacionados ao trânsito, por exemplo”, completa.

3. Foque no que realmente importa

Aquela máxima de que tudo é urgente não deve ser encarada como verdade. É fundamental saber separar quais atividades devem ser realizadas o quanto antes e quais podem ser encaixadas em outra ocasião.

Para isso, vale usar a lógica do que realmente vai impactar nos resultados da empresa. As ações que trouxerem um impacto imediato devem sempre ser priorizadas em relação às demais.

O presidente do IBC ainda aconselha: “é importante ter foco e comprometimento com as atividades, evitar distrações ou atender qualquer demanda considerada urgente que possa surgir. Saber dizer ‘não’ para tudo aquilo que pode atrapalhar a sua produtividade é fundamental. ”

4. Não descuide da sua saúde

Por mais atividades que o microempresário precise realizar, a dica é ter em mente que uma pessoa doente não consegue gerenciar um negócio.

Dedicar um tempo para realizar atividades prazerosas, cuidar da saúde e desfrutar de momentos com a família e os amigos fazem toda a diferença na rotina. Atitudes desse tipo ajudam a renovar as energias e, até mesmo, a estimular insights valiosos para melhorar o negócio.

Continue acompanhando o nosso canal de conteúdo para ter mais dicas e garantir o sucesso da sua empresa. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *