Oportunidades

Serigrafia SIGN FutureTEXTIL vai mostrar todas as etapas de uma estamparia digital têxtil

Serigrafia SIGN FutureTEXTIL, maior e mais completa feira de tecnologias e soluções para os mercados de impressão e comunicação visual, apresentará entre os dias 12 e 15 de julho, no Expo Center Norte (SP), o Circuito de Impressão Digital Têxtil. O projeto terá seis estações que mostrarão todo o fluxograma de pesquisa, desenvolvimento e produção de uma estamparia digital têxtil aplicada em moda e/ou decoração.

Voltado para empresários e profissionais de criação, desenvolvimento, produção e do mercado da indústria têxtil de vestuário e decoração, o projeto conta com a curadoria de Herculano Ferreira e Sarah Caldas das empresas Panorama e ArtZone, respectivamente, além do apoio do SENAI Têxtil, Moda e Decoração.

“O objetivo do circuito é mostrar a atualidade da estamparia digital têxtil e falar sobre as expectativas para o mercado, mostrando desde a pesquisa, desenvolvimento, até a produção. As informações para a montagem provêm de indicadores de mercado e do desenvolvimento tecnológico das grandes empresas globais do setor de impressão digital jato de tinta”, afirmam os curadores.

Segundo a diretora da feira, Liliane Bortoluci, a iniciativa será o ponto de convergência de informações tecnológicas de impressão digital do mercado têxtil. “Trata-se de um evento referencial de aprendizado tecnológico, aquisição de informações de alto valor técnico e de atualização do mercado de estamparia digital têxtil, além de um canal de conexão de ciência, networking profissional e de visibilidade dos expositores e seus produtos”, explica.

Confira as estações que compõe o Circuito de Impressão Digital Têxtil

1a Estação

Mercado e Estilo – vai mostrar o processo coletivo de inteligência de mercado, pesquisa estética, estabelecimento de grade de valores visuais, técnicos e físicos, definição de família de produtos visando públicos-alvo já identificados, planejamento técnico de execução da estampa em um determinado parque de máquinas analógicas ou digitais.

2a Estação

Desenho – apresentará os diferentes recursos artísticos e técnicos associados a ferramentas de inteligência de mercado, trabalho tradicional e digital, preparação, enquadramento e fechamento de imagens para impressão nos processos de impressão analógica ou digital.

3a Estação

Coloração – abordará as opções e consequências de trabalhar as variantes de cores baseadas na percepção individual do colorista, no Círculo de Cores e em ferramentas digitais, mirando as nuances de percepção do público-alvo seus comportamentos, estabelecimento de perfil de cores para preparação de amostras de cartela de cores, provas da estampa colorida em papel vinculadas a equipamentos e processos de impressão. Apresenta a utilização do Pantone como referência de cores.

4a Estação

Pré-tratamento de tecidos para impressão – apresentação das características de tecido, tratamentos para recepção de tintas digitais de base corante e de pigmentos e adequação da imagem e cores à impressão digital jato de tinta.

5a Estação

Impressão –  vai apresentar os impactos ambientais do tratamento, além da apresentação dos trêsprincipais processos de impressão:

  1. Impressão indireta por sistemas de transfer com papel e filmes (Transfer Sublimático, Transfers de filmes termoplásticos e bases dubladas);
  2. Impressão direta em tecidos (Impressão DTF) – Pigmentos e Corantes Ácido, Disperso e Reativo em tecidos de fibra natural, mistos e sintéticos.

6ª Estação

Acabamento – mostrará os impactos ambientais do tratamento; Polimerizadeiras, Vaporizadores, Prensas, Calandras, Lavadoras, Foulard, Rama, Cortadoras, Dobradoras, etc.

7a Estação

Consultores – especialistas darão orientações sobre os métodos de aplicação mais adequados e mais sustentáveis aos negócios e projetos ligados à indústria têxtil.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *