Gestão

Veja como fazer uma boa gestão de vendas para melhorar os resultados da sua empresa

Realizar uma gestão de vendas eficaz é fundamental para garantir o crescimento de uma empresa e mantê-la competitiva no mercado de comunicação visual. Afinal, sem processos alinhados e uma equipe com profissionais capacitados, oferecer apenas bons produtos e serviços não é suficiente.

Mas é importante ter em mente, porém, que, na maioria das vezes, o baixo desempenho da equipe comercial não está relacionado à falta de cobranças, mas, sim, a uma gestão de pessoas feita de forma inadequada e a um plano de ação confuso, que não corresponde à realidade do negócio.

Por isso, para ajudar você a entender melhor como deve ser feita a gestão de vendas na sua empresa, separamos algumas dicas a seguir. Confira:

Mudanças no mercado de comunicação visual

Antes de traçar um plano de ação focado na gestão de vendas, é importante considerar que o mercado de comunicação visual mudou muito nos últimos anos, assim como a maioria dos segmentos.

Os clientes tinham menos opções no passado e, dificilmente, uma empresa precisava oferecer um trabalho de excelência a um preço justo para conseguir vender. Nos dias atuais, porém, a qualidade não é mais um grande diferencial, já que a tecnologia e a difusão da informação têm permitido que os negócios se especializem e se tornem cada vez mais produtivos.

Com isso, focar apenas em qualidade ou em preço tornou-se, agora, uma obrigação, diante de clientes mais exigentes.

Como fazer uma gestão de vendas eficaz?

Wilson Giglio, consultor em gestão empresarial, lista, seguir, quatro dicas baseadas nas mudanças do mercado de comunicação visual e que refletem as atitudes de empresas que sobreviveram em tempos difíceis sem perder a competitividade:

  1. Capacitação de equipe

O primeiro passo é começar a encarar a profissão de vendedor de maneira diferente. Quem ocupa esta posição não pode mais ser uma pessoa   interessada, apenas, em bater metas, tirar pedidos e “empurrar” produtos aos clientes.

Um bom vendedor deve ser um verdadeiro consultor, ou seja, um profissional capaz de conhecer a empresa e o produto a fundo, entender as necessidades do cliente, recomendar soluções e realizar um bom acompanhamento de pós-venda.

“Essa mudança de postura começou a fazer toda a diferença, tornando o cliente um parceiro especial e devidamente fidelizado, não só pelos produtos como, também, pelo carisma, atenção e respeito recebido pela empresa e consultor”, ressalta.

  1. Investimento em desenvolvimento

A segunda dica diz respeito ao investimento no desenvolvimento de novos produtos e serviços baseados no feedback dos clientes.

“Aproveitando o surgimento de novas máquinas, mais capazes, com mais opções e um custo-benefício excelente, muitas empresas se comprometeram a modernizar e inovar em seus produtos, criando um novo catálogo e oferecendo outras novas opções de venda”, acrescenta Wilson.

Esse tipo de atitude permite atender plenamente às necessidades dos clientes e, assim, ser mais assertivo no momento das vendas. O resultado não se reflete apenas em um aumento no faturamento, mas também ajuda na fidelização de clientes.

  1. Aperfeiçoamento de preços

Preços competitivos são importantes no momento de vender, no entanto, eles precisam estar adequados para que o negócio cresça de forma sustentável.

Para isso, Wilson recomenda “uma planilha adequada para encontrar todos os custos de fabricação, incluindo fatores como depreciação e encargos sociais. Além de mensurar corretamente o tempo de cada tarefa, com mark-ups devidamente corrigidos e mais próximos a realidade.”

Também é importante considerar o ponto de equilíbrio da empresa e, assim, chegar a um preço final adequado e justo para os clientes.

Essa é uma excelente forma de reduzir os valores finais, ao mesmo tempo em que a lucratividade não é deixada de lado.

  1. Planejamento sempre

Uma boa gestão de vendas deve estar constantemente apoiada em planejamentos financeiros e estratégicos.

Especialmente em tempos econômicos difíceis, definir objetivos, prestar atenção às respostas do mercado e, com isso, determinar as ações, processos e selecionar as pessoas mais adequadas para cada situação faz toda a diferença.

Além disso, quanto mais ferramentas e orientações a sua equipe tiver, mais fácil será de motivá-la ao mesmo tempo em que haverá autonomia para que cada um consiga realizar o seu trabalho com excelência.


Quer saber mais sobre as novidades do setor e conferir outras dicas de gestão de vendas? Continue acompanhando o nosso canal de conteúdo e até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *